Empresas enxergam o potencial das redes sociais

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O poder das redes sociais começa a ser enxergado pelas  empresas de TI. Embora de forma tímida e cautelosa, muitas entenderam que esse é um poderoso canal de comunicação com funcionários, clientes e consumidores.
Para se ter um ideia do tamanho de seu alcance, só o  Facebook, maior comunidade de relacionamento online do mundo, chegou a 300 milhões de usuários, dobrando de tamanho no Brasil nos últimos cinco meses, segundo dados da consultoria Ibope Nielsen Online, ao alcançar a marca de 5,3 milhões de integrantes.
Nos Estados Unidos, as redes sociais entraram definitivamente no circuito das companhias. Estudo da consultoria Deloitte no país apontou que 30% dos executivos ouvidos as consideram parte da estratégia de suas companhias. Para 29% das organizações, as redes sociais são usadas como ferramenta de construção de marca.
Por aqui, a realidade ainda mostra-se um tanto quanto diferente. Encontramos empresas que têm políticas restritivas quanto ao uso do Twitter ou do Facebook, por exemplo.
A maioria acredita que as redes sociais contribuem para a queda de produtividade dos funcionários. Essa é uma percepção equivocada. A grande sacada é transformá-las em importantes ações de marketing e vendas.
Desde 2005, a Intel resolveu apostar em mídias sociais. Mas a estratégia de maior repercussão no mercado foi a criação do espaço Blog Brasil Digital, dois anos depois.
Lá gerentes da subsidiária brasileira compartilham com o público, por meio de artigos, opiniões e idéias sobre diversos assuntos ligados à tecnologia como computação sem fio, desafios e oportunidades de TI no Brasil.
Outra frente que ganhou fôlego são as ações com o Yahoo! Answers, canal que permite aos usuários dos produtos Intel tirar suas dúvidas. Lançado este ano, ele reforça a campanha de divulgação da marca e dos produtos da fabricante. Também é presente no Twitter, com informações institucionais e iniciativas envolvendo blogueiros.
Em outubro, a Intel distribuiu 200 camisetas  “geek” exclusivas no Twitter  para seus seguidores. Sorteados por representantes da empresa e cinco blogueiros, a ação teve o objetivo de se comunicar com a audiência, além de aproximar a Intel dos blogueiros que influenciam os consumidores na tomada de decisão.
Quem também enxergou longe a possibilidade de ganhar dinheiro com as redes sociais foi a fabricante de computadores Dell. Graças ao Twitter @DellOutlet, a empresa afirma ter faturado cerca de 3 milhões de dólares com vendas de PCs e notebooks.
A empresa explicou em seu blog que as vendas diretas a partir das mensagens postadas já ultrapassaram os 2 milhões de dólares e as mensagens enviadas pela rede social também estão despertando interesse em outros produtos da empresa.
A conta @DellOutlet é a versão no microblog da loja Dell Outlet, que vende computadores recondicionados por preços mais baixos. Como o estoque desse canal é variável, o Twitter faz bem o papel de avisar aos seguidores sobre novidades, promoções e até para dar cupons de desconto virtuais.

1 comentários:

Ranieri Marinho de Souza disse...

Ótimo post, todas as empresas deveriam se atentar para as redes sociais e quais os impactos de não se jogar de uma vez dentro destas redes.

Abraços,
Ranieri Marinho de Souza
http://blog.segr.com.br

Postar um comentário

 
Twitte News | by TNB ©2010